h2club.br

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
LEI SEMEAR

Fundação Cultural do Pará leva projetos socioculturais a moradores de Juruti Velho

A iniciativa, com parceria da empresa Equatorial Energia, inclui os projetos 'Cine Fluvial Energia' e 'Arte Fora Caixa'

Por Manuela Oliveira (FAPESPA)
29/07/2023 12h53

A arte do cinema chega às comunidades mais distantes no oeste paraenseNo município de Juruti, no oeste paraense, o Distrito de Juruti Velho, terra que já foi habitada pelos indígenas Munduruku, recebe nesta semana projetos de arte e cultura contemplados pelo Programa Estadual de Incentivo à Cultura (Semear,) do governo do Estado, executado via Fundação Cultural do Pará (FCP), em parceria com a empresa Equatorial Energia.

“Em nossa visita técnica ao oeste estivemos conhecendo o Projeto Cine Fluvial Energia, que leva até as pessoas das comunidades mais distantes do Pará a bela arte do cinema. Também o Projeto Arte Fora Caixa, que capacita  jovens e adultos por meio de oficinas de estética, panificação, costura e artesanato, além de proporcionar atendimento médico, ambos realizados em parceria com a Equatorial, via Lei Semear. É arte, cultura e capacitação sendo levadas para todas as regiões do nosso grandioso Estado, para o povo paraense, conforme missão dada pelo nosso governador”, informou o presidente da FCP, Thiago Miranda.Oficinas garantem capacitação aos moradores de áreas ribeirinhas

A embarcação “O Marujo” transporta a estrutura de um cinema inflável, com uma equipe de produtores e artistas, para realizar mostra itinerante de cinema em 12 municípios paraenses.  O principal objetivo do projeto é democratizar o acesso ao cinema, com a exibição gratuita de filmes nas orlas, portos e praças das cidades visitadas.

Os filmes do circuito são essencialmente educativos, nacionais e com temáticas diversas, direcionadas a todas as faixas etárias. Além da mostra de filmes, são realizadas oficinas de formação e iniciação aos conteúdos audiovisuais. Depois de Juruti, o projeto vai para os municípios de Oriximiná, Óbidos, Curuá, Alenquer, Belterra, Santarém, Monte Alegre, Prainha, Almeirim, Porto de Moz e Gurupá.

Fomento- Outro projeto realizado em Juruti Velho é o "Arte Fora Caixa", que capacita jovens e adultos em oficinas de estética, panificação, costura e artesanato, além de proporcionar atendimento médico à população local.

Para Michelle Miranda, analista de Sustentabilidade da Equatorial Pará, o “Cine Energia” e o “Arte Fora da Caixa” têm importante função social, pois democratizam a cultura. "Acreditamos que a arte é fundamental para todos os públicos, por isso a empresa patrocina projetos que prezam pela descentralização das ações. Para isso, contamos com a parceria da Fundação Cultural do Pará, nossa maior parceira na realização de projetos”, ressaltou.

Semear - O Programa Estadual de Incentivo à Cultura (Semear), executado pela Fundação Cultural do Pará, regula o processo de seleção de projetos culturais aptos a captar recursos em empresas contribuintes do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS), que dispõem de incentivo fiscal para garantir este apoio. 

Podem participar projetos culturais, nos mais diversos segmentos, performances e linguagens, que precisam gerar produtos que visem à exibição, utilização e circulação pública de bens e serviços na área. Os interessados em participar da Semear devem se inscrever exclusivamente por meio do Sistema de Gestão de Projetos Culturais do Programa Semear (SGP Semear), disponível no site da Fundação Cultural do Pará (fcp.pa.gov.br).

Morador de Juruti Velho, Manoel Coelho avaliou o impacto dos projetos na comunidade. “A gente precisa desse incentivo, pois aqui é distante e um lugar pouco conhecido, apesar de ter um potencial turístico muito grande. No verão isso aqui vira quase um Alter do Chão. A gente precisa desse conhecimento“, disse Manoel.

h2club.br Mapa do site