todaybet.org

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
BALANÇO

Em 2023, Pará fortalece investimento nos esportes, apoia atletas e entrega Novo Mangueirão

Ações de inclusão e socialização por meio do esporte também marcaram o ano, como o projeto Vida Ativa na 3ª Idade

Por Carol Amorim (SEEL)
31/12/2023 08h30

Durante o ano de 2023, o Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), investiu em diversas ações acreditando que essas iniciativas são fundamentais e servem como mecanismo de transformação social. Foram investidos mais de R$ 6 milhões em mais de 2 mil atletas, que levaram o nome do Pará ao mundo, com a participação em eventos nacionais e internacionais.

Programa Bolsa Talento que beneficiou mais de 200 atletas em 2023“A secretaria bateu todos os recordes de gestão, com resultado surpreendentes como nunca visto antes. Agora, queremos investir e aumentar o apoio aos nossos atletas. 2024 vem por aí com a certeza de novos projetos e novos incentivos. Queremos cada vez mais ver os nossos atletas representando o nosso Estado, além disso, teremos mais investimentos do Governo em obras e serviços que vão alavancar o esporte e lazer por todo o Pará”, enfatiza o Secretário de Estado de Esporte e Lazer, Cássio Andrade. 

O Programa Bolsa Talento executado pela Seel, tem o objetivo de manter e aumentar o número de atletas de alto rendimento, que representam o Pará em competições a nível nacional e internacional, a partir de bolsas que vão de R$ 900,49 até R$ 1.125,63, assegurada por 12 meses. Com este incentivo, os atletas podem investir no seu equipamento de treino e competição, oportunizando que permaneçam no esporte. Em 2023, o Bolsa Talento beneficiou mais de 200 atletas, em duas edições, uma paga em abril de 2023 e outra em dezembro do mesmo ano. 

“O Bolsa Talento serve para os atletas poderem se preparar com tranquilidade, sabendo que ele terá um bom acompanhamento físico, nutricional e com condições de fortalecer o seu treinamento. O Governo do Pará, através da Seel, está de parabéns, porque esse ano o Bolsa Talento foi pago duas vezes, e isso é inédito. Temos que bater palmas e incentivar essa gestão”, ressalta o presidente da Federação Paraense de Surf, Noélio Sobrinho. 

Jogos Internos do Programa Vida AtivaA Seel também desenvolveu ações de esporte e lazer por meio de seus programas de integração, como o Vida Ativa na Terceira Idade, que realiza aulas gratuitas esportivas e recreativas voltadas para idosos. Ao longo do ano, o programa também promoveu diversos eventos como o Baile de Carnaval, Festa Junina, Jogos Internos, dentre outras atividades, que serviram para a promoção da qualidade de vida por meio do esporte e lazer. 

“Participamos da hidro, natação, ginástica, memorização, dança e outros. Nós da terceira idade, precisamos sair dessa inércia, ter essa vida ativa é muito benéfico para a nossa vida e saúde. Principalmente porque somos acolhidos por professores maravilhosos e isso é uma integração muito boa para nós nessa sociedade. Lembrando que tem outras atividades e eu pelo menos esse ano, participei também do tratamento saúde bucal com profissionais de primeira qualidade. Em um mês e 10 dias, fiz todo o tratamento necessário. Não só pra mim, mas também para os colegas, é uma mudança fantástica. Realmente uma vida nova, promessa de uma vida saudável com muita saúde e garantia graças à Seel”, disse o aluno do programa, Francisco Costa Filho de 62 anos. 

O Programa Talentos Esportivos que oferece aulas gratuitas em 11 modalidades, atendendo crianças e jovens, também demonstrou eficiência no intuito de revelar talentos do esporte paraense. Calina Mendes é aluna de ginástica artística do programa, no pólo da Universidade do Estado do Pará - UEPA, a atleta é medalhista e já competiu em eventos esportivos nacionais internacionais, e ressalta o quanto o programa foi fundamental na sua vida, para que ela iniciasse a sua trajetória como ginasta de alto rendimento.

Ginasta Medalhista Calina Mendes aluna do Programa Talentos Esportivos“Eu comecei no esporte bem novinha e desde que me entendo como atleta, a Seel me ajuda tanto no esporte, quanto na vida pessoal. Ser reconhecida pelo seu esforço e ter a ajuda do Estado é de extrema importância, pois, a ginástica é um esporte que tem custos muito altos e com o apoio do programa Talentos Esportivos da Seel, eu consegui um suporte para trilhar meus sonhos e conquistar minhas vitórias. O programa me proporciona oportunidades únicas, me garante suporte técnico e recursos para alcançar o maior rendimento, me impulsiona a me dedicar mais e persistir no esporte. Só tenho a agradecer ao programa, porque sem esse apoio não estaria no alto rendimento e nem teria todas essas vitórias e conquistas que tenho", ressaltou a atleta. 

Em 2023, também foi realizado o Projeto Gol do Brasil - uma parceria entre o Governo do Pará, Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e Federação Paraense de Futebol (FPF). O projeto social atende 230 alunos de 6 a 17 anos, nos campos do CEJU, e desenvolve a missão de promover cidadania e educação das crianças e dos adolescentes, por meio do futebol. “O projeto além de trabalhar a prática esportiva do futebol de campo, conta também com atendimento psicológico que auxilia no ensino de habilidades de vida, que favorecem o desenvolvimento dessas crianças e jovens como seres humanos, promovendo a educação e cidadania. Então são ensinamentos levados para a vida, o dia a dia com a família, na escola e nas suas relações sociais”, enfatizou o professor do projeto, Maurício Barreto.

“Tenho dois filhos no projeto Gol do Brasil e eles sonham em um dia serem jogadores reconhecidos. O projeto incentiva muito para que um dia eles possam realizar este sonho. E não só para eles como também para outras crianças e adolescentes que fazem parte do projeto. Meus filhos amam participar e estão quase desde do começo sendo alunos e eu ajudo eles no que posso para que alcancem os objetivos de serem jogadores. Só tenho a agradecer, pois é um projeto que ajuda as crianças e adolescentes a saírem das ruas”, disse Rosilene de Souza, mãe dos alunos Moisés Sousa e Marcos Victor. 

Jogos Abertos do Pará

Os Jogos Abertos do Pará 2023 foi realizado em oito etapas regionais, com seis modalidades, sendo Futsal masculino e feminino, Handebol masculino e feminino, Basquetebol masculino e feminino, Futebol de Areia masculino e feminino, Voleibol masculino e feminino e Tênis de Mesa masculino e feminino. O maior evento que incentiva o esporte amador no Estado reuniu mais de 750 atletas em cada fase e mais de 6.960 atletas na etapa estadual, que aconteceu em Novembro, na Arena Guilherme Paraense, o Mangueirinho.

Joapa 2023 Fase EstadualO time de futsal do município de Vigia de Nazaré conquistou ouro e a cidade também levou pra casa o troféu de eficiência do campeonato. "A sensação de obter esse tão importante título é extraordinário, pois era um sonho para o futsal Vigiense há mais de 10 anos tentando obtê-lo, e esse ano de 2023 conseguimos os nossos objetivos com as bênçãos de Deus”, ressaltou o atleta Héricles Silva, do time de futsal de Vigia. 

Novo Mangueirão e seu espaço multiuso

Em 2023, o Governo do Pará entregou o Novo Mangueirão totalmente modernizado ao povo paraense. A Praça esportiva tem mais conforto e sua nova estrutura garante segurança pública com padrão internacional e tecnologia multifuncional. O resultado desta obra para o Estado incluiu o Pará na rota do turismo esportivo mundial, e fez do estádio um palco para grandes importantes eventos culturais, movimentando a economia e gerando emprego e renda. 

“Eu amei a experiência de aproveitar um evento no Novo Mangueirão, por isso que eu já participei de vários que são realizados lá, é um lugar muito confortável. A estrutura está impecável e realmente vemos o quanto o estado do Pará agora conta com um local de altíssimo padrão para receber shows e acredito que até festivais internacionais. É uma alegria enorme, porque todos ganham, é entretenimento para umas pessoas e para outras é oportunidade de renda”, ressaltou a contadora Daniele Souza, que participou de vários shows durante o ano na praça esportiva e cultural. 

Advogada Camila Peixoto assistindo o jogo da seleção Brasileira no Novo Mangueirão“Ter a experiência de assistir a um jogo da seleção brasileira pela primeira vez e ainda no novo Mangueirão, estádio que faz parte da história do paraense, foi fantástico! O estádio me surpreendeu muito positivamente com a organização, estrutura, modernidade, segurança. Uma experiência única, a energia da torcida, a ôla, os gritos de guerra, a felicidade estampada na face de todos os presentes por viver e fazer parte desse momento lindo. Um 5 a 1 de respeito”, conta a Advogada Camila Peixoto.

Show ″Tardezinha″ na abertura do Projeto Mangueirão Palco de EventosAlém disso, o Novo Mangueirão também abriu as portas para receber projetos sociais de esporte e atletas que precisavam de um espaço adequado para realizar seus treinamentos. O estádio Olímpico do Pará, Jornalista Edgar Proença, recebe diariamente o treino dos atletas do ciclismo de velocidade e profissionais do patins, no anel viário, além do grupo de pipeiros que tem um espaço demarcado no estacionamento externo, para soltar pipas. Do lado de dentro, uma área da esplanada recebeu pintura para a realização do projeto Tênis na Comunidade, que oferece aulas gratuitas de tênis para crianças e adolescentes. 

Inclusão - A sala de dança é utilizada para o treino da equipe de dança inclusiva “Companhia Do Nosso Jeito”, que é composta por atletas medalhistas que recebem patrocínio do Governo do Pará, para competirem em eventos esportivos nacionais e internacionais. A pista de atletismo do estádio também foi espaço de treinamento da paratleta Emanuele Souto, 16 anos, que tem paralisia cerebral e realizou seu treinamento de Petra no local para participar das paralimpíadas escolares. 

Atletas de Dança Inclusiva na sala de Dança do Novo MangueirãoNas rampas do Novo Mangueirão, os atletas de Skate Longboard encontraram o cenário ideal para a realização de seus treinos e eventos da modalidade. “O Governo do Pará, por meio da sua Secretaria de Esporte e Lazer, mostra o quanto valoriza a iniciativa das associações civis que promovem atividades desportivas amadoras em nossa cidade. Um espaço como o Mangueirão garante aos atletas segurança e conforto pleno, um grande incentivo a todos os amantes deste esporte. Já em 2024, iremos propor o projeto de uma escola de skate de ladeira para os apaixonados por adrenalina desde a infância até a melhor idade”, destaca o presidente da Associação de Skatelongboard do Pará (ASLP), Nelson Carvalho Filho. 

todaybet.org Mapa do site