sportytrader

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
IMUNIZAÇÃO

Estado realiza Dia D de vacinação contra a gripe

A campanha de vacinação segue até o dia 29 de fevereiro em todo o Pará

Por Melina Marcelino (SESPA)
27/01/2024 15h50

Neste sábado (27), o Estado do Pará conta com um Dia D para ampliar o alcance da campanha de vacinação contra a influenza, que segue até o dia 29 de fevereiro. No Dia D, a vacinação é realizada por meio das prefeituras dos 144 municípios paraenses. A campanha foi antecipada na região Norte devido a uma estratégia do Ministério da Saúde, que é imunizar o público-alvo para enfrentar o atual inverno amazônico, período com maior circulação viral e transmissão propícia da gripe na região.

"É muito importante destacar a determinação do Governo do Pará, registrando o nosso posicionamento pró-vacina e pró-ciência. Nos preparamos com diversas frentes para vacinar a população e prevenir das complicações do vírus influenza. É a primeira campanha do norte com antecipação e vamos com toda a força mostrando a importância da vacina na prevenção de agravos de saúde", ressalta o secretário adjunto de gestão de políticas de saúde, Sipriano Ferraz. 

A meta do Estado é vacinar 2.715.276 pessoas, segundo a coordenadora estadual de imunização da Sespa, Jaíra Ataíde. Desses, cerca de 606.613 (18%) estão vacinados até o momento. "A expectativa no dia D é vacinar em torno de 100.000 pessoas e até o dia 29 de fevereiro, ter o percentual de 90% de pessoas vacinadas", afirma a coordenadora. 

Poderão ser vacinadas pessoas de todas as faixas etárias acima da idade mínima. "Este dia D, é a grande oportunidade para vacinar toda a família, a partir dos seis meses de idade, contra influenza", explica Jaíra.

A profissional também esclarece as dúvidas sobre os imunizantes ofertados no dia da ação. "No dia D, o carro chefe é a vacina influenza, com oferta de vacina bivalente da covid-19 apenas para as pessoas dos grupos prioritários", diz.

Oscarina Pampolha, agente comunitária de saúde, esteve na UsiPaz da Terra Firme, atualizando a carteira de vacinação. "Ir ao posto de saúde e nos lugares onde tem vacina disponível é indispensável por causa da prevenção. A gente trabalha em cima dessa prevenção para que os nossos idosos e as nossas crianças estejam protegidos. Além da covid, outras doenças também podem ser prevenidas com vacinas", reforça. 

Anderson Costa, auxiliar de logística, também levou a mãe, Rosângela do Socorro, de 63 anos, para tomar a vacina. "Trouxe a minha mãe para se vacinar, pois acreditamos que isso é muito importante. Todos devem se vacinar para prevenir de doenças como a influenza e covid, claro, principalmente, crianças e idosos".

A enfermeira Michelly Souza, que trabalha na ação, explica porque vacinar a população ativa é tão importante quanto crianças e idosos. "A coordenação estadual de imunização está chamando as pessoas, pois as crianças ainda estão construindo seu sistema imunológico, e os idosos já vêm com déficit nessa imunidade, então, a população que está entre essas duas faixas etárias são pessoas ativas, que podem levar algumas doenças para dentro de casa".

Quem não pode se vacinar hoje, 27, no Dia D da vacinação, a campanha estará disponível até o dia 29 de fevereiro nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e nas cinco Usinas da Paz localizadas na grande Belém: Guamá, Jurunas/Condor, Terra Firme, Bengui e Cabanagem. 

A vacina é segura e protege contra os três principais vírus em circulação no Brasil durante o inverno, além de ajudar a proteger aqueles que são mais vulneráveis às doenças graves associadas à gripe, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). A fabricação é feita com vírus inativados, fragmentados e purificados, ou seja, não há risco de induzir a doença.

A mobilização da Sespa pelo Dia D ocorreu na Usina da Paz da Terra Firme, neste sábado (27). Também neste mesmo dia, as cinco Usinas da Paz localizadas na grande Belém (Guamá, Jurunas/Condor, Terra Firme, Bengui e Cabanagem) funcionaram para a vacinação normalmente.

Texto: Jamille Leão - Sespa

sportytrader Mapa do site