Mahjong Ways

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
SEGURANÇA PÚBLICA

PC prende suspeito de estupro de vulnerável e compartilhamento de pornografia

Mandado de prisão foi cumprido na casa do suspeito após ser determinado pela 1ª Vara Criminal de Inquéritos Policiais da Comarca de Belém

Por Laís Menezes (PC)
08/02/2024 12h21

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada no Atendimento a Criança e ao Adolescente (Deaca) Santa Casa, cumpriu um mandado de prisão preventiva e busca e apreensão, nesta quinta-feira (7), em Ananindeua, contra um homem, de 22 anos, acusado de estupro de vulnerável. Durante o cumprimento o suspeito também foi preso em flagrante pelo crime de armazenamento e compartilhamento de pornografia infantojuvenil.

As investigações iniciaram no ano passado, após denúncias de uma adolescente de 17 anos, que informou ter sido estuprada após encontrar com o homem, com quem conversava por uma rede social. O encontro foi provocado pelo suspeito em um local público, onde a vítima já estava com amigos. Na ocasião, ele levou a vítima para um local mais afastado, onde praticou o crime.

O mandado foi expedido pela 1ª Vara Criminal de Inquéritos Policiais da Comarca de Belém. Na ação, realizada na casa do suspeito, também foi apreendido o aparelho celular do homem, onde a equipe da Polícia Científica, identificou as imagens de pornografia infantojuvenil.

“Foi a partir da denúncia da vítima que a gente pode chegar no autor. Então ressalto a importância de denunciar para que a polícia possa atuar na prisão desses criminosos. Também é muito importante o cuidado com quem você conversa na internet, pois mesmo em local público pode acontecer, como foi nesse caso”, explicou a titular da Deaca, Karina Figueredo.

Ao longo das apurações também foi identificada uma segunda vítima de estupro, que na época da ocorrência também adolescente.

“Essa ação ressalta a importância das denúncias e do comprometimento das autoridades em proteger as vítimas e responsabilizar os agressores. A PCPA continua em trabalho permanente para proteger o cidadão e garantir a justiça, afirmou o delegado-geral, Walter Resende.

O homem foi encaminhado para a Deaca e em seguida encaminhado ao sistema penitenciário, onde ficará à disposição da Justiça.

Mahjong Ways Mapa do site