7up7down

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
DIA DA MULHER

Servidoras da Seduc entram na marcha em defesa das mulheres

Por Redação - Agência PA (SECOM)
07/03/2015 17h05

Um grupo de dirigentes e técnicas da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) representou, na manhã deste sábado (7), as 27 mil servidoras da instituição que atuam na rede pública estadual de ensino, na Marcha do Dia Internacional da Mulher, realizada no centro de Belém. A programação, organizada pela Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), começou por volta de 09 horas, com  a concentração na Praça do Relógio, no Ver-o-Peso.

Representantes de comunidades de bairros de Belém, dirigentes de instituições, órgãos públicos e entidades caminharam até a Praça da República, onde houve prestação de serviços ao público e apresentação da banda de fanfarra da Escola Estadual Avertano Rocha, localizada no Distrito de Icoaraci, em Belém, entre outras atividades.

A equipe da Seduc montou na praça um estande para mostrar alguns dos programas e projetos desenvolvidos na área educacional e na promoção da cidadania das mulheres em Belém e no interior do Estado. Foram expostos os projetos Vitória-Régia, destinado à discussão dos direitos das cidadãs e ao combate à violência sofrida por mulheres; projeto Educação e Envelhecimento, em parceria com a Sejudh e voltado para a terceira idade, e o Curta Poesia, que rendeu homenageou a escritora paraense Eneida de Moraes.

Igualdade -Com faixas e camisetas da marcha, as representantes da Seduc também informaram sobre as ações das coordenadorias de Ações Educativas Complementares, de Educação no Campo, de Educação para a Promoção da Igualdade Racial e de Educação Profissional. Ao lado das coordenadoras Rosemary Nogueira, Elisa Vieira e Mari Almeida, a diretora de Ensino Médio, Clara Yunes, participou da marcha.

“É uma luta constante das mulheres, galgando melhores espaços na nossa sociedade, posicionando-se pela igualdade de salários. Precisamos estar unidas, e as escolas estão engajadas nesse trabalho de conscientização pelos direitos das mulheres, através de palestras, eventos e no próprio currículo de atividades em sala de aula”, destacou a professora Clara Yunes.

Para a marcha no centro de Belém foram mobilizados professores, técnicos e gestores das unidades Seduc na Escola (USEs), responsáveis pela unidades escolares em Belém, e das Unidades Regionais de Educação (UREs), que atuam na coordenação das escolas do interior do Estado, informou Rosemary Nogueira, coordenadora de Ações Educativas da Seduc (Caec).

A coordenadora de Educação Profissional da Secretaria, Mari Almeida, informou que no próximo dia 19 a Escola Tecnológica Francisco Nunes, no bairro da Marambaia, realizará um Momento Mulher, mobilizando alunos dos cursos técnicos da unidade de ensino.  

“A participação da Seduc nesse processo de prevenção e combate à violência doméstica contra a mulher, que é o nosso foco como política pública, é fundamental. A Seduc atua na educação, um setor estratégico da sociedade, e é uma parceira nesse enfrentamento de questões contrárias à integridade da mulher”, declarou o titular da Sejudh, Michell Durans, durante a programação.

7up7down Mapa do site