sportytrader

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
FOLIA DA SOLIDARIEDADE

Hemopa espera adesão da população para atingir a meta de doações no carnaval

Por Redação - Agência PA (SECOM)
06/02/2015 18h15

“Precisar de transfusão para sobreviver é uma batalha diária”. A afirmação é da agricultora de Curuçá, nordeste paraense, Maria Irene dos Santos Coelho, 49, que tem dois filhos adultos portadores de Anemia Falciforme (doença genética e hereditária) em tratamento, desde crianças, na Fundação Hemopa, e que frequentemente precisam de sangue para sobreviver. Assim como tantos outros pacientes hematológicos, os filhos de Maria Irene são alguns dos muitos que serão beneficiados com a campanha “No carnaval, use a fantasia de salva-vidas. Doe Sangue”, que será aberta neste sábado, 7, para suprir a demanda da rede hospitalar no período momesco.

A campanha, que se estenderá até o dia 13, tem a meta de coletar, somente na abertura do evento, 500 bolsas de sangue, e nos demais dias da semana, 250. Neste sábado, uma vasta programação vai animar o dia dos candidatos à doação com apresentação dos cantores Jorginho Gomez e Nilton César, da cantora Gina Lobrista, das baterias das Escolas de Samba Rancho Não Posso Me Amofiná e Grande Família. A folia solidária contará, ainda, com a presença do Rei Momo do Carnaval 2015, Raimundo Santos, mais conhecido como “Toquinho”, acompanhado de sua corte, além de outras atrações.

Parceiro da Fundação Hemopa em várias campanhas, o servidor e cantor Jorginho Gomez convida amigos e fãs para participar da abertura da campanha neste sábado. “Mais do que a doação de sangue, vamos doar a nossa arte para a promoção da vida, ao sensibilizar pessoas para esse ato solidário. É sempre um prazer fazer parte desse trabalho”, comentou.

Paralelamente à campanha, haverá o “I RE x PA da Doação de Sangue/2015”, que unirá as torcidas de Remo e Paysandu em mais um campeonato de solidariedade. E amanhã, encerra a campanha nacional “Doe Sangue e Jogue Rugby. Faça um try pela vida”, que em Belém terá a adesão das equipoes Acemira Rugby Belém e Locomotiva Rugby. A mobilização começou nesta sexta, 6.

A movimentação para atrair o maior número de doadores à campanha provoca expectativas em Maria Irene, que já acionou familiares e amigos para a doação de sangue. Seu filho mais novo, Esmael Santos dos Santos, 20, passará por uma cirurgia para a retirada de pedra na vesícula. “Minha vida é pedir doações de sangue para todos que conheço. O doador é uma pessoa que deve ter muito amor para ajudar pessoas que nem conhece, como meus filhos, por exemplo. Sou muito agradecida por todos eles”.

Paciente do Hemopa há dois anos, a autônoma Graziele Azevedo, 35, também é portadora de anemia falciforme e conta que precisa de duas bolsas de sangue por semana, mas que já chegou a necessitar de quatro transfusões no mesmo período. ‘’A quantidade de transfusões que recebo depende de como meu organismo reage, mas nunca recebi menos que duas bolsas por semana. Estou viva por causa da solidariedade dos doadores e pelo tratamento humano e afetuoso que recebo aqui no Hemopa. Se para mim, que tenho uma tipagem sanguínea frequente na população (A positivo) é complicado, imagina para quem sofre da mesma doença que eu e tem sangue de tipo raro’’, comentou, torcendo para o sucesso da campanha.

A estudante Jamile Nonato Ferreira, 22 anos, estudante de Ciências Contábeis, foi uma das doadoras voluntárias de sangue que compareceu à Estação de Coleta Hemopa-Castanheira nesta semana. Moradora do Distrito de Icoaraci, ela fez a sua segunda doação para ajudar uma vizinha que vai passar por uma cirurgia. “É importante, pois ajuda as pessoas que necessitam, e ainda nos faz sentir muito bem.”

Ano passado, 2.177 voluntários compareceram à sede do hemocentro, em Belém, o que somou 1.584 coletas que viabilizaram o atendimento de 6.336 pacientes. Este ano, a organização do evento tem a meta de elevar esse quantitativo de doações em 20%, para assegurar o atendimento das solicitações dos hospitais públicos do Pará no período carnavalesco, quando as intercorrências hospitalares, especialmente, na urgência e emergência, aumentam.

A campanha conta, ainda, com outras importantes parcerias: grupo de voluntários do Instituto Áster; torcedores dos times do Corinthians, Flamengo e Vasco; grupo Rock na Veia; Associação da Juventude do Paar e o grupo A Partilha, de Benevídes; além da Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel), Sistema Fiepa/Sesi, REC Filmes, Pátio Belém, Castanheira Shopping e a imprensa local, que tem papel fundamental na divulgação das ações com incentivo à doação voluntária de sangue.

A gerente de Captação de Doadores, assistente social Juciara Farias, informa que devido ao aumento do fluxo de doadores, esperado neste sábado, o atendimento ficará mais ágil com a ampliação do espaço para doação. O ambulatório será totalmente transformado em uma grande e confortável sala de coleta, que abrigará mais 14 cadeiras de coleta somando um total geral de 28 pontos de captação.

Além da sede do Hemopa, em Belém, a direção do hemocentro oferece outros locais para coletar doações: Estação de Coleta Hemopa-Castanheira, na BR 316; e nas unidades do Hemopa em Castanhal, Santarém, Marabá, Altamira, Abaetetuba, Tucuruí, Capanema e Redenção.

Podem doar sangue pessoas com boa saúde, peso acima de 50 kg e idade entre 16 anos completos e 69 anos. Menores de 18 anos precisam da autorização dos pais ou responsáveis. É necessário portar documento de identidade original e com foto. Não precisa estar em jejum, ao contrário, a boa alimentação garante ao doador que não apresente mal estar durante a coleta. O homem pode doar a cada dois meses, e a mulher a cada três.

Serviço:A Fundação Hemopa fica na Travessa Padre Eutíquio, 2109, e realiza coleta de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18 h, e aos sábados, das 7h30 às 17h. A Estação de Coleta Hemopa-Castanheira funciona no térreo da passarela Pórtico Metrópole, que dá acesso ao Shopping Castanheira, e funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18h, e aos sábados, das 7h30 às 17h. Mais informações pelo fone 0800 280 8118.

sportytrader Mapa do site