brkkk9

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
SOLIDARIEDADE

Atletas de rugby do Pará doam sangue no Hemopa

Por Redação - Agência PA (SECOM)
06/02/2015 17h30

Promovida por atletas que praticam o esporte de origem britânica, a campanha nacional “Doe sangue, jogue rugby. Faça um try pela vida” reúne mais de 60 times em todo o Brasil e conta com adesão das equipes Acemira Rugby Belém e Locomotiva Rugby, do Pará, que estiveram na sede do Hemopa em Belém e no Hemocentro Regional de Castanhal, respectivamente, nesta sexta-feira, 6. A ação se estenderá até este sábado, 7, e reúne, além dos desportistas, amigos e familiares para a doação de sangue e realização do cadastro de doadores de medula óssea. A mobilização visa abastecer os hemocentros do país nesta época do ano, quando normalmente há uma queda nas doações voluntárias.

“Os jogadores de rugby utilizam tanto dentro de campo como no dia a dia cinco princípios básicos: integridade, respeito, solidariedade, paixão e disciplina. Nosso intuito, com esta campanha, é explorar o princípio da solidariedade. Pretendemos fazer uma corrente do bem, com a participação do maior número possível de times de rugby do Brasil, para reforçar a importância da doação de sangue em suas respectivas cidades e mobilizando a população local para doar também”, explica Camila Quirino de Sousa, 31, educadora física e organizadora da ação em Belém.

Movida pelo espírito dos praticantes de rugby, a estudante de Educação Física, Jully Ann Paraense Campos, 23, doou sangue novamente. Doadora há três anos, ela fez a primeira doação para ajudar a avó e não parou mais. “Nosso compromisso com a solidariedade é dentro e fora de campo. Doar sangue é ajudar a salvar vidas”, reforça a jovem, que atua na posição de Pilar I no Acemira.

Juciara Farias, titular da Gerência de Captação de Doadores do Hemopa, afirma que o movimento no período carnavalesco apresenta ligeira queda no número de comparecimentos, por isso campanhas internas com diferentes grupos e instituições, como o Grupo de Oração Terço dos Homens, voluntários do Instituto Áster, da empresa BB Tecnologia e Serviços e os calouros de Medicina da Universidade do Estado do Pará, são de extrema importância. ‘’Parcerias são fundamentais. Os atletas do Rugby são mais um grupo que se torna parceiro do Hemopa. Associar a prática esportiva à doação de sangue é um grande exemplo que deve ser seguido pelos demais grupos esportivos, pois apresentam doadores voluntários em potencial’’.

A assistente social reforça ainda que neste sábado, 7, a partir das 9h, acontece a abertura da campanha “No Carnaval, use a fantasia de salva-vidas. Doe sangue”, com shows de Gina Lobrista, Jorginho Gomez, baterias do Rancho Não Posso Me Amofiná e Grande Família, além da presença dp Rei Momo da capital e outras atrações. “Vamos realizar uma grande folia solidária para o doador voluntário que comparecer à sede da Fundação Hemopa. Os que não puderem vir têm a semana inteira, até o dia 13, para dar a sua colaboração, inclusive na Estação de Coleta Hemopa Castanheira e nas unidades da hemorrede no interior do estado.”, lembra a técnica.

Podem doar sangue pessoas com boa saúde, peso acima de 50 kg e idade entre 16 anos completos e 69 anos. Menores de 18 anos precisam da autorização dos pais ou responsáveis. É necessário portar documento de identidade original e com foto. Não precisa estar em jejum, ao contrário, a boa alimentação garante ao doador que não apresente mal estar durante a coleta. O homem pode doar a cada dois meses, e a mulher a cada três.

Serviço:A Fundação Hemopa fica na Travessa Padre Eutíquio, 2109, e realiza coleta de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18 h, e aos sábados, das 7h30 às 17h.

A Estação de Coleta Hemopa-Castanheira funciona no térreo da passarela Pórtico Metrópole, que dá acesso ao Shopping Castanheira, e funciona de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18h, e aos sábados, das 7h30 às 17h. Mais informações pelo fone 0800 280 8118.

brkkk9 Mapa do site